Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O piano do Guarany

por Torradaemeiadeleite, em 03.10.13

 

 

A chuva é pó. É pau , é pedra, é o fim do caminho. Não, é a estação de transbordo, mudança de linha. Uma mesa quadrada. Um rosto de índio.

Do pó de chuva que, suspensa, parece que nem molha, recortam-se as figuras estáticas dos que passam e notam, olha que coisa mais linda, mais cheia de graça, é ela menina que vem e que passa. Esta cidade já não é menina, é mulher, que tanto me encanta. Tem rugas, tem vincos, manhãs com idade. Podia ter ar de convencida, de quem é rara no mundo mas é mais deste jeito tímido e de quem se espanta com a própria alteridade.

We go to a party and everyone turns to see, this beautiful lady that's walking around with me. Cúmplices e aliados. A avenida multiplica-se em cada reflexo de água. Multiplica-se nos espelhos da coluna,  nos mapas e nas línguas, nas fotografias de grupo que o empregado ajuda a conseguir, que está habituado e devolve a máquina a sorrir

São os senhores da Amazónia, as suas caras e as suas penas, corpos de chocolate, desnudos ou enfeitados, com tarefas, dias moídos sob a força do pilão, com música, flautas e batuques, são os índios que guardam o café cultural, ou dos músicos, diz-se por cá. Arte do prazer, a arte que o coração pede para fazer dos dias simples a partitura dum milagre maior, the heart asks pleasure first, não tem letra que se reproduza mas tem um piano que toca, numa praia, debaixo dum céu carregado ou com mar escuro onde pronto se afunda,  aqui não, flutua na amenidade do Guarany.

A sala tem espaço. É um salão. O salão tem tempo, para encontros marcados e para aqueles que o acaso dita.  You must remember this, a kiss is still a kiss, a sigh is just a sigh, the fundamental things apply as time goes by. O casal aprecia um livro de poucas páginas que um senhor lhe ofereceu, folheiam a novidade, comentam o que o faz diferente. Na mesa mais atrás desdobra-se um guia porque há lugares e rumos para decidir - lembro as viagens que não têm destino - these vagabond shoes are longing to stray, right through the very heart of it, Porto, Porto. Cada mesa é um capítulo duma densa narrativa, ou verso livre, a cena cómica, um drama antigo ou um ensaio da vida. Há mesmo quem escreva palavras que não hesitam, a esferográfica mal descansa e o caderno de anotar, simples sem ousadia, pode ser um jornalista, hoje há alguns na avenida, ou então um professor, poeta ou amador - usar papel para dizer do presente e do futuro, quem diria, é já espécie rara, um acto de amor. I´ll send an S.O.S. to the world, I hope that someone get's my, message in a bottle.

Mais cafés, passam francesinhas, um bule de chá e outra fatia. Sai o par de namorados, ele embevecido com ela, ela indiferente, levantam-se os do mapa e quase se esqueciam do saquinho.

Conversas sobrepostas, outras conversas, mudas, eu sei que vou te amar, por toda a minha vida eu vou te amar, a cada despedida eu vou te amar.



Imagem: pormenor da pintura "Senhores da Amazónia" de Graça Morais no Café Guarany.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Related Posts with Thumbnails








Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D