Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Dance Me...

por Torradaemeiadeleite, em 29.10.07

  Gosto das palavras de Leonard Cohen, gosto da sua voz madura e envolvente, gosto da sua fotogenia porque é enigmática...

 

Dance me to your beauty with a burning violin
Dance me through the panic 'til I'm gathered safely in

Lift me like an olive branch and be my homeward dove
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love

Oh let me see your beauty when the witnesses are gone
Let me feel you moving like they do in Babylon
Show me slowly what I only know the limits of
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love

 

Dance me to the wedding now, dance me on and on
Dance me very tenderly and dance me very long
We're both of us beneath our love, we're both of us above
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love

Dance me to the children who are asking to be born
Dance me through the curtains that our kisses have outworn
Raise a tent of shelter now, though every thread is torn
Dance me to the end of love

Dance me to your beauty with a burning violin
Dance me through the panic till I'm gathered safely in
Touch me with your naked hand or touch me with your glove
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love
Dance me to the end of love

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Reservas de Ouro

por Torradaemeiadeleite, em 24.10.07

 

  Homem e Natureza não são forças antagónicas. Claro que biológica e fisiologicamente falando nunca poderíamos ser mas refiro-me à perspectiva da conservação e sustentabilidade da biodiversidade versus desenvolvimento económico.  Sim, já somos muitos, consumimos muito e os recursos do planeta são limitados. Por isto faz sentido falar (entre tantos outros planos, programas e tarefas) em Reservas da Biosfera

  São áreas naturais, em diferentes países, reconhecidas pela UNESCO ( programa MAB - "Man and Biosphere ", iniciado em 1971 ) como essenciais para a conservação e sustentabilidade ambientais. São "laboratórios" que testam a eficácia de medidas de gestão ambiental e das actividades humanas inseridas nessas áreas. Vemos assim integradas a conservação de espécies, ecossistemas, paisagens e pool genético com o desenvolvimento económico, cultural e humano. Claro que há ainda uma componente fundamental de monitorização , pesquisa e educação ambientais.

    Em Portugal,  já contamos três Reservas da Biosfera ( ainda este ano  foram aprovadas a Ilha do Corvo e Ilha Graciosa, que se juntaram ao mais "veterano" Paúl do Boquilobo , no grupo desde 1981 ). Se tudo correr bem, poderemos ter quatro: até Março de 2008 deverá ser entregue à UNESCO a candidatura do Parque Internacional do Gerês-Xurés para integrar as poucas mas preciosas Reservas Transfronteiriças da Biosfera.

  Espero boas notícias no esforço pela conservação e melhoramento da nossa riqueza natural e humana.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Imagem do Douro

por Torradaemeiadeleite, em 15.10.07

                                Fotografia "emprestada" pelo Google

 

Porque o Homem e a Natureza não são incompatíveis, este é o meu simbólico contributo para o BLOG ACTION DAY.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Canção de embalar

por Torradaemeiadeleite, em 12.10.07

Dorme pequenina um soninho descansada,

Que o medo  há-de vir para te deixar acordada.

 

Dorme pequenina em sonhos enlevada,

Que a dor há-de vir para te deixar magoada.

 

Dorme pequenina uma noite de saudade,

Que o dia há-de vir para te mostrar a verdade.

 

Dorme pequenina nuns braços apertada,

Que a dúvida logo vem p´ra te deixar abandonada.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Encontro com Hades

por Torradaemeiadeleite, em 02.10.07

Da mitologia grega chegam-nos histórias invulgarmente actuais e humanas, sobretudo as que dizem respeito a temas morais e sentimentais.

O amor de Orfeu por Eurídice era tão absoluto que dele se gerou a força e a coragem para desafiar os limites da Vida e para se revoltar contra o que lhe era imposto.

Lendo mais demoradamente o desenrolar e o final do conto de Orfeu apercebemo-nos que de um amor absoluto nasce também uma fragilidade irracional. Num devaneio, num instante de compulsão e dúvida, irreflectidamente não evita a perda da sua amada.

Por esta dualidade, o Amor continua incompreendido. Apesar da distância temporal e social que nos separa da Grécia Antiga, não coube ainda ao "nosso"  tempo a explicação dum sentimento que, com a mesma intensidade, nos dá vida ou nos condena!

A personalidade de Orfeu, a sua sensibilidade artística excepcional ou a sua história de amor inspiraram muitos artistas desde o tempo de Ovídio e Vergílio até aos nossos contemporâneos. Da sua lenda resultaram obras muito belas na música, nas letras, nas artes cénicas e plásticas.

Consoante a característica da personagem Orfeu que mais inspirou cada um, assim surgiram músicas, filmes,  poemas (como "Orfeu Rebelde" de Miguel Torga- 1ª edição de 1958) , peças de teatro (de que é exemplo "Orfeu da Conceição"   de Vinicius de Moraes e da qual destaco o "Monólogo de Orfeu") e tantas outras manifestações artísticas...

As aventuras mitológicas reflectem uma relação homem/divindade muito peculiar, já que dotam os deuses de defeitos e qualidades terrenas, mas são sobretudo o reflexo da procura ancestral e contínua de explicações para a condição e emoção humanas. De tudo isto Orfeu é apenas um exemplo.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Related Posts with Thumbnails




subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D