Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Não se brinca com a comida?

por Torradaemeiadeleite, em 30.04.08

 

 

 

                                                          Fotografia de Carl Warner.

 

Faz parte do léxico de qualquer pai dizer "não brinques com a comida", quando aquilo que os petizes vêem  no prato é a possibilidade de dar asas à sua imaginação e não a necessidade imperiosa de ingerir energia.

E quantas vezes se associam a alguns alimentos imagens ou formas de desenhos animados, objectos e animais para os tornar mais apetecíveis?

Tudo se inverte nos trabalhos de Carl Warner, digamos que este petiz transformou a brincadeira com os alimentos numa profissão e numa forma de arte. Os alimentos são os protagonistas de diferentes projectos e são, eles próprios, quem imitam imagens ou situações do dia-a-dia.

Casas de queijo com cortinas de massa, montanhas de pão e paredes de feijão, nuvens de couve-flor, mar de salmão fumado e areais de sementes, árvores de brócolos e rios de salame, ciprestes apimentados e ramos de salsa,  enfim, um mundo que alimenta os olhos e desperta os sentidos. Tudo com um ar sempre fresco e a gritar saúde!

 

Espreitem que vale a pena e inspirem-se!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Sophia

por Torradaemeiadeleite, em 28.04.08

 

"A confusão a fraude os erros cometidos

A transparência perdida - o grito

Que não conseguiu atravessar o opaco

O limiar e o linear perdidos

 

Deverá tudo passar a ser passado

Como projecto falhado e abandonado

Como papel que se atira ao cesto

Como abismo fracasso não esperança

Ou poderemos enfrentar e superar

Recomeçar a partir da página em branco

Como escrita de poema obstinado?"

 

"Os Erros"

Sophia de Mello Breyner Andresen, 1975.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pingos de Chuva

por Torradaemeiadeleite, em 23.04.08

 

 


                                                         Fotografia "Chuva" de TeoDias.

 

Ping, ping, ping... Pingos de chuva nas minhas janelas. O nevoeiro, ao longe, esconde parte da cidade e o vento traz-me sempre um embalo comovente.
Apetece-me ficar, beber algo quente, ouvir o silêncio e esperar o ausente.
Ping, ping, ping... Mais pingos de chuva nas minhas janelas. O nevoeiro, já perto, esconde mais do que aquilo que deixa ver e o vento traz-me, de longe, uma memória diferente.
Apetece-me partir, beber algo quente, ouvir o silêncio e esperar que seja diferente.
Ping... ping... ping... Param os pingos de chuva nas minhas janelas. Devagar vão-se arrastando em fiozinhos de água contemplativos e a corrente vai amainando pelo cansaço de esperar...

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

E o Mundo nunca mais foi o mesmo...

por Torradaemeiadeleite, em 16.04.08

Para mim, é um daqueles anúncios  inesquecíveis!

Eu tive um destes prodígios que pesavam uma arroba e tinham uma antena que sonhava alcançar a lua...

Não foi assim há tanto tempo, pois não?

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Saramago galego

por Torradaemeiadeleite, em 14.04.08

 A história infantil " A Maior Flor do Mundo " de José Saramago foi a base sobre a qual se construiu a curta-metragem com o mesmo nome ( mas em galego ) de Juan Pablo Etcheverry , apresentada pela primeira vez em  Março de 2007.

Concorreu inclusive à edição 2008 dos prémios Goya na categoria de melhor curta-metragem de animação.

A produção é da Continental, que se iniciou assim na curta-metragem de animação. A música é da responsabilidade de Emilio Aragón e a ilustração de Diego Mallo .  

Apesar de toda a sofisticação da animação digital, esta curta é deliciosa no seu género stop motion , a velhinha técnica da plasticina, que lhe confere mais alma, a meu ver.

Quase um ano de trabalho intensivo resultam nestes 10 minutos deliciosos com a narração do próprio José Saramago. 

Não posso deixar de aconselhar o livro, editado pela Caminho, este com as maravilhosas ilustrações de João Caetano...

 

P.S.: Não deixem de espreitar no YouTube, por exemplo, outra curta-metragem de Juan Pablo Etcheverry , esta num registo diferente e com a qual já foi muito galardoado. Aqui, o realizador homenageia a estética da arte de Pablo Picasso.

Chama-se " Minotauromaquia , Pablo no labirinto " e tem a música de Igor Stravinsky .


 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Neurónios com nova casa

por Torradaemeiadeleite, em 11.04.08

 

 

                                            Imagem de Karl Deisseroth, Stanford University.

 

A ciência em geral e a investigação científica em particular, não têm tido investimentos muito vistosos no nosso país. Aliás, esse é um dos argumentos para que muitos "cérebros" portugueses façam incursões pelo estrangeiro e, muitas vezes, não voltem ao seu país ( admiro as excepções! ).

Li recentemente uma notícia que aponta para um projecto milionário na área da investigação oncológica e das neurociências. Trata-se do novo Centro de Investigação da Fundação Champalimaud.

Espera-se que comece a funcionar em pleno em 2010 e apoie o trabalho de cerca de 300 cientistas.

As instalações já têm rosto ( muito belo, por sinal ) e a assinatura do arquitecto Charles Correa. Terão morada em Lisboa, nos antigos terrenos da Docapesca.

O Instituto Gulbenkian para a Ciência cedeu o espaço de trabalho provisório para os investigadores que foram recrutados até ao momento e ajuda a delinear, em particular, o programa da investigação em neurociências.

É uma aposta com objectivos  ambiciosos mas quem sabe se, mais tarde, este Centro não será o motor duma inversão, a imigração dos "cérebros" de outros países, que escolherão o nosso para trabalhar?

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

It´s no secret...

por Torradaemeiadeleite, em 08.04.08

 

 

 

              Fotografia de B.P.Fallon

 

 

 It's no secret that the stars are falling from the sky
It's no secret that our world is in darkness tonight
They say the sun is sometimes eclipsed by a moon
You know I don't see you when she walks in the room

It's no secret that a friend is someone who lets you help
It's no secret that a liar won't believe anyone else
They say a secret is something you tell one other person
So I'm telling you...child

 

   Low voice:                                                          Gospel voice:

             A man will beg                                                     Love...we shine like a

A man will crawl                                                Burning star

On the sheer face of love                                           We're fallin' from

Like a fly from the wall                                               The sky... tonight

      It's no secret at all                                                                                  

 

It's no secret that a conscience can sometimes be a pest

It's no secret ambition bites the nails of success

Every artist is a cannibal, every poet is a thief

All kill their inspiration and sing about the grief

 

 

Oh yeah

It's no secret that the stars are falling from the sky

the Universe exploding  'cosa of one man's lie

Look I gotta go

Yeah I'm running outta change

There's a lot of things

If I could I'd rearrange
     

 

                                                                               " The Fly ", U2

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

4 de Abril de 2003

por Torradaemeiadeleite, em 04.04.08

 

 

 

                                                 Fotografia de James Hill para N.Y.Times

 

Passaram cinco anos desde que esta fotografia foi tirada, no Iraque... Continua actual e poderia ter a data de hoje.

Como esta, muitas outras do mesmo país, no mesmo contexto, com datas diferentes, que retratam  as horas e os dias das pessoas comuns e dos seus lares desfeitos, dos rebeldes, dos militares, dos atiradores furtivos, a morte, a descrença e a instabilidade,  os rostos dos que torturam, dos jovens desiludidos e dos indiferentes...

A esperança e o sonho não foram fotografados ultimamente.

E prognósticos... quem se atreve a fazê-los?

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Livros Ecológicos

por Torradaemeiadeleite, em 02.04.08

 

 

                                         Fotografia "Árvores" de José Ferreira Jr ..

 

O aumento das emissões de dióxido de carbono para a atmosfera ocupa lugar de destaque na temática ambiental remetendo-nos, quase de imediato, para os transportes e a indústria como principais colaboradores.
Faz sentido, então, que uma editora de Torres Vedras, a Livrododia Editores, assegure a plantação de pinheiros mansos no seu concelho para compensar a emissão de CO2 resultante da produção de pasta de papel e impressão dos livros que edita.
Acrescento eu que também colabora para repôr , em certa medida, as árvores abatidas.
Os livros editados desde Janeiro de 2008 ( já são 4 ) têm impressa a marca Recarbon-Contrato com o ambiente, para informar e alertar os seus compradores.
Um só exemplo parece pouco mas louvo as boas ideias, praticáveis e que podem contagiar outros. Assim também podemos contribuir para um menor impacto ambiental dos saberes escritos em papel.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Related Posts with Thumbnails




subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D