Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Letras perdidas

por Torradaemeiadeleite, em 06.03.10

 

 

                                                                   Fotografia googlada.

 

Eu não sabia que é comum proceder à destruição dos livros armazenados por parte das editoras. Acontece em Portugal como no resto do Mundo ( ou assim se defendem algumas das nossas editoras ). Na verdade, não sabia ou não imaginava porque simplesmente nunca parei para pensar no que acontece num armazém de livros para arranjar espaço para mais. O circuito dum livro ainda é um mistério para mim e muito mais os bastidores logísticos do mesmo. Compreendo portanto que inevitavelmente se vão acumulando  e alguma medida tem que ser tomada para obviar a falta de espaço. Mas... destruir livros? Parece pecado.

Os factos que me chamaram a atenção para este problema estão aqui nesta notícia.

Tanta promoção e incentivo à leitura para depois nos depararmos com estas decisões... Com certeza que se conseguirá encontrar o meio-termo e que muitas bibliotecas e cidadãos  poderão beneficiar duma atitude mais sensata.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Tags:

Related Posts with Thumbnails


4 comentários

Sem imagem de perfil

De Natália a 06.03.2010 às 13:53

Olá Torradita!
Inacreditável não é!!
Tanta coisa inacreditável!
Tanta coisa mal!
Tanta coisa!
Tanta!

Aproveito para te deixar  um beijinho.
Fica bem
Natália
Imagem de perfil

De Torradaemeiadeleite a 08.03.2010 às 14:36

Viva, Natália! É preciso muita vontade para mudar mesmo as pequenas coisas, não é?
Beijinhos.
Sem imagem de perfil

De patrícia e a 06.03.2010 às 17:39

olá!
realmente é a insensatez de quem rege as coisas só com base nos números. É uma pena, já para não falar dos países lusófonos mais pobres a quem poderiam ser doados estes livros.

beijinhos ;) 
Imagem de perfil

De Torradaemeiadeleite a 08.03.2010 às 14:34

Olá, princesa!
Regidos pelos números e pelas soluções mais fáceis. Faço do teu o meu comentário!
Beijinhos.

Comentar post








Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D