Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Impressão digital

por Torradaemeiadeleite, em 01.06.15




Viver oito anos na blogosfera permite consolidar uma identidade ou, ao modo mais civil, registar uma impressão digital.

No que à individualidade diz respeito, ser único deverá ser também a assumpção da diferença como uma mais-valia e não como um requisito para a segregação. Não exagero quando aplico este princípio a uma entidade não biológica como é um blogue e a este blogue em particular.
Não é um exercício de vaidade ou de arrogância afirmar que, ao longo destes anos, no Torrada E Meia De Leite trabalhei com um cunho próprio que individualiza o meu blogue, tão somente porque é uma resolução da minha experiência, da minha consciência, da minha cultura, do meu tempo e do meu espaço, e nisto nenhum ser é replicável ou substituível.
Não se impacientem com este preâmbulo, fixo-o assim pela primeira vez e muito provavelmente será a única para não destoar do tema, porque aconteceu-me percebê-lo só agora, oito anos volvidos de divagações com letras e pela impressão viva de um objecto peculiar.
Aquelas considerações terão transparecido com mais evidência a quem, desse lado leitor, atentou nestas folhas que vão amarelecendo com o tempo. Só assim nasceria este presente personalizado, muito oportuno para um aniversário e revelador no seu intento. E di-lo-ia intransmissível, para além de pessoal, não fora a oportunidade que reproduzi-lo aqui em imagem traz à sua essência sensível e bela de ser distribuída por todos quantos o admirem.
A impressão digital do Torrada acrescentou-se pelos dedos desta amizade antiga que a criatividade e o afecto da Susana Traila Calixto homenageiam de tantas formas sublimes. Nesta forma em particular, a sua lucidez firmou notas biográficas da minha expressão em blogue: um marcador de página é o Torrada, uma torrada com guardanapo bordado e meia de leite são o Torrada, a invenção e a criação com as próprias mãos são o Torrada, o detalhe é o Torrada, a partilha é o Torrada.
Obrigada, minha amiga. Não aponho mais palavras ao obrigado que te dirijo - honesto como é, basta-se a si mesmo porque tudo encerra, desde os afectos que ressuscita, à vontade de sobreviver para contá-lo.
Na nossa mesa do costume,
enquanto conversamos e saboreamos as nossas torradas com meia de leite, marco esta página com as tuas impressões digitais, Susana, as impressões que confirmam o quanto de ti é maior e único.

Até já.


 

 

 

MeiadeLeite

 



 

 

Torrada2

 

 

 


Fotografias de Torradaemeiadeleite.
Marcador de livro de Susana Traila Calixto para o Torrada E Meia De Leite.




 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Related Posts with Thumbnails








Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D