Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Leituras

por Torradaemeiadeleite, em 15.06.15

 



Caminhei sob um opressivo, frio e angustiante manto de cinza e chuva, por uma estrada americana em direcção ao Sul, escondida dos maus e vulnerável a mim mesma, até encontrar a costa e pôr os pés na areia cinzenta, a olhar uma maré plúmbea ( e para lá do mar? haverá outros como nós, numa praia, a querer saber se há mais como eles? ). Onde tudo daria razão ao desepero e à entrega voluntária a uma morte qualquer, achou-se o lugar duma esperança em fino fio frágil. Efectivo, o fino fio frágil de esperança que excede o espaço da história, suspensa dos finais possíveis, todos a assentarem-lhe legitimamente bem. Suspensa ou prolongada, a história para lá do último ponto final, como eu gosto.
E com chuva e o nevoeiro, com luz débil também, mas sem cinza cataclísmica, chego agora à costa das Sirtes. O primeiro capítulo só, que ainda por conhecer-se segue já uma promessa, que ainda prenunciada vai já a revelação de algo imerso ( nos homens, no tempo? ).
E com chuva, acolhidas no tecto baixo, seguem as horas destes dias próximos de um litoral.
Está a palpitar em tudo isto um elo invisível, algures. Não, não é a condição metereológica, nem sequer a proximidade duma costa, disto estou certa.
O elo leve, contudo, murmura com persistência ao meu ouvido. Interior. Peregrino.
Falta-me saber o que é.
Estou certa de nenhuma certeza conseguir achar, o que não é grave, porque não busco certezas.

 

 

Sirtes&Estrada



Fotografia de Torradaemeiadeleite.

 




 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

Related Posts with Thumbnails








Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2012
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2011
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2010
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2009
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2008
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2007
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D