Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A Cidade e o Campo

por Torradaemeiadeleite, em 21.05.08

 

 

Fotografia de Torradaemeiadeleite

 

Ter alguns hectares de Natureza dentro das nossas cidades pode servir vários propósitos para além daquele mais imediato que é ter um espaço livre de automóveis e obstáculos arquitectónicos para descansar ou fazer exercício físico.

Quando bem pensados, revelam consciência ambiental e ecológica, exploram a biologia, aproximam a população do seu legado natural e relembram-nos a matéria de que somos feitos, esta química que não sobrevive per si, senão pela interacção com o que a envolve.

Para além de lúdicos, deverão ser formativos e didácticos, mostrando também no terreno aquilo de que se fala na teoria: ordenação vegetal, planeamento anti-fogos, métodos de aproveitamento da água das chuvas, agricultura biológica, desenvolvimento auto-sustentável da flora e fauna, suporte de terras, respeito pelas espécies autóctones, construção ecológica dos edifícios de apoio, reciclagem e interacção equilibrada homem/natureza ( porque esta não deverá estar numa redoma onde só é permitido ver e não tocar ).

Conheço alguns exemplos de parques urbanos, todos com características naturais próprias e valências diferentes. De todos  aproveitei ensinamentos  que se completavam e em cada um a natureza  me proporcionou sensações diferentes. Em última análise, todos  me inspiraram nesta reflexão e, junto com o meu filho, me levam a aplaudir aqueles que antes de nós plantaram estas sementes.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D