Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Na centeeira

por Torradaemeiadeleite, em 21.07.09

 

 

              Fotografia de Torradaemeiadeleite.

 

Vulto franzino, dobrado sob o Sol da tarde, malha o centeio sem nunca se levantar. Aguardo uns momentos para ver outra posição, quero observar o corpo a refazer-se para nova investida, um braço mais alto ou um descanso merecido . Em vão porém esta espera marginal,  pois aquele ser parece carregar sobre si o peso das malhadas de todos os anos anteriores, da sua vida e das que o precederam e segue dobrado de encontro ao chão.

Esta alma vestida de negro só mexe o braço direito em monótona tarefa, quase sempre à mesma altura e sempre com a mesma força.

Pam, pam, pam, pam... continuo a espreitar o ritmo deste labor que da espiga rouba os grãos e dos meus dias a modernidade emprestada. Penso nesta oportunidade e apodero-me daquele bater contínuo, transformo-o em minha memória e levo-o ao ( no ) peito.

Do banco de pernas para o ar e da vara mais hirta que a sua dona fazem-se os adereços deste cenário contido, onde giestas e ervas altas escondem de quase todos o palco rude desta solidão e deste viver.

Pam, pam, pam, pam... mais centeio se desprende sobre a manta de sacos, a palha vai-se juntando, o Sol continua altivo e os minutos repetem aquele afazer... interminavelmente. 

Seguem-me depois os passos, estes sons secos e torturados, quando me afasto ligeira pelo caminho e sem certeza de os ouvir de novo, repetidos nalguma espiral do tempo ou do espaço.

 


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D