Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Apontamentos duma viagem - O primeiro

por Torradaemeiadeleite, em 28.07.09

 

           Fotografia de Torradaemeiadeleite

 

Charles Aznavour cantava "(...) a corps perdu, j'ai couru/ assoiffé, obstiné/ vers l'horizon, l'illusion, vers l'abstrait/ en sacrifiant, c'est navrant/ je m'en accuse à présent/ mes amis, mes amours, mes emmerdes (...) ".  A viagem nascia para ser diferente de outras. Todas as viagens nascem com essa expectativa. As melodias seguiam-se na pronúncia gutural dos seus poemas e ocupavam o habitáculo para escaparem depois pelas janelas abertas. Este outro francês rugindo sobre rodas não sabe do ar condicionado, leva-nos só em conversa íntima com a estrada para ir aonde nunca tínhamos estado. Um quase maquinismo do tempo.

A paisagem revela-se em película cinematográfica antiga e desfila depois sob o foco dos projectores. O Sol a subir inclemente, as sombras cada vez mais pequenas. Os actores deste filme não ficam na sombra.

Imensidão, a imensidão. Nenhuns olhos poderão abarcar tanta lonjura num passar breve, ainda que rolando, ainda que em várias vidas. A oceânica imensidão transmontana. Entre ondas as Atlântidas perdidas.

Bela, voluptuosa, perfumadamente de Julho, a Terra Fria transmontana é uma mulher de espírito inquebrantável, e é ela quem nos subjuga e deixa indefesos, impreparados para tamanha vontade. Misteriosa. Provoca-me. Levo os cabelos em contradança e os meus ombros beija-os o Sol, com abuso de maneiras que atiro com coreografias na musicalidade e no incentivo dos Beatles "(...) come together, right now, over me (...)". 

Até à primeira paragem a estrada é o argumento principal.

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D