Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Ler é escrever"

por Torradaemeiadeleite, em 04.04.12

 "Reading Girl" de Gustav Adolph Hennig (Alemão, 1797-1869).

 

Depois de ter acompanhado estes vídeos no sítio da LER ficou-me como um eco a frase "ler é escrever" que coincidentemente três dos intervenientes responderam ( no primeiro vídeo - Ana L. Amaral, Jaime rocha e Manuel A. Pina ). Claro, claríssimo.

Nunca o tinha concretizado desta forma mas no acto de ler somos também "escritores": tecemos  pormenores que incluimos no que nos é apresentado, perpetuamos as palavras e frases que gostamos, gravamos também as que não gostamos,  compomos  cenários alternativos, representamos papéis, evocamos memórias e outras leituras.

Como diz  Luis Sepúlveda "todos lemos de maneira diferente", o que para mim vai agora lado a lado com a constatação que "ler é escrever" e por isso mesmo um livro pode ter afinal múltiplos escritores. E não é múltiplo em si próprio o leitor ao longo da vida?  Não se transforma um livro com a caminhada do leitor? Claro, claríssimo.

 


2 comentários

Sem imagem de perfil

De F. a 04.04.2012 às 18:15

Estou, mais uma vez, perfeitamente de acordo com a Torrada. A leitura não é um processo linear,  possibilita diálogos, interferências, construcões, reconstruções, confrontos... Rolland Barthes compara o leitor a uma aranha  que, à medida que vai construindo a sua teia, segrega a substância com a qual a vai tecendo.
"Claro, claríssimo."
Boa Páscoa, para si e para a sua família!
Imagem de perfil

De Torradaemeiadeleite a 05.04.2012 às 13:44

Olá, F.! Esta dialética  entre leitor e texto/autor é  uma  das riquezas da leitura, a passividade não deve ter lugar ou então não se trata dum bom livro . É proveitoso ser aranhinha...
Até breve e boa Páscoa !

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D