Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




De Magris, sobre a utopia

por Torradaemeiadeleite, em 14.01.14

 

Da entrevista de Ana Sousa Dias (ASD) a Claudio Magris (CM), revista LER nº130.

 

"(ASD) : Defende "um verdadeiro Estado europeu", defendeu-o aliás quando discursou na entrega do Prémio Europeu Maria Helena Vaz da Silva...

 

(CM): ... sim, um verdadeiro Estado, como o Estado italiano, ou o francês, ou o português.

 

 

ASD: Acha mesmo que é possível criá-lo? Não é uma utopia?

 

 

CM: Uma utopia não é necessariamente uma coisa abstrata, ingénua. Para mim, a utopia é uma necessidade muito realista. É como o caçador que para matar a lebre tem de apontar para dois metros à frente, porque só se nos projetarmos para diante podemos atingir os objectivos.

Creio na necessidade de uma utopia razoável, irónica. Não podemos limitar-nos a obedecer à chamada "realidade". Porque o que nós consideramos realidade, todos nós, é a realidade mais recente, a última, imutável. Do ponto de vista psicológico, somos todos conservadores cegos. Não acreditamos realmente que o mundo, tal como estamos habituados a vivê-lo, possa mudar."

 

.

 


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D