Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




Outro Jardim

por Torradaemeiadeleite, em 17.04.15

 

 

 

WinterFieldsAWyeth

Pintura de Andrew Wyeth - "Winter Fields", 1942.

 

 

 

 

Repito o teu soneto, Sophia, como quem procura a força que empurrará a bicicleta e a resgatará da inércia dolente, do desequilíbrio tosco do aprendiz.
O meu corpo procurará sempre iludir a queda até que o movimento se torne constante e controlado, mas não sem antes tu voltares para acudires aos arremedos de confiança que o primeiro obstáculo aproximará da ruína perfeitamente redonda. Com renovada vontade virás lançar-me, e eu, com o velho intento, insistirei na entropia e insistirei na recusa do verbo que escreve amargo o desistir.
Poderá chegar, apesar de tudo isso, o dia, o meu momento uivante de solidão, da culpa que preside ao anátema, em que terei de assumir as vestes penitentes, dar corpo aos trapos invisíveis, pesados, sulfúreos, que queimarão perenes e renovados a minha pele.
Esse momento não é agora e o agora ainda não é nada - é o meu querer, o meu presente feito do fim para o princípio, como quando escrevo primeiro esse "Outro jardim possível e perdido" que suspendeste do "Jardim em flor, jardim de impossessão" da partida do teu soneto. Entre um e outro, todos os outros versos que repito porque neles me vejo sempre que os recito e encontro-me na imagem maior que deles colho.
Mas antes de todas as possibilidades, Sophia, a qualquer destes versos teus, morte alguma poderá tolher a força com que me empurram e ressuscitam.

 

 

 


Referência no meu texto a Sophia de Mello Breyner Andresen, na inspiração e na generosidade que o seu poema "Jardim Perdido" de 1944 me instiga.




Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D