Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




"Um sítio onde pousar a cabeça"

por Torradaemeiadeleite, em 21.11.14
 
 
Revi ontem na RTP 2 um documentário de 2012 sobre Manuel António Pina. Chama-se "Um sítio onde pousar a cabeça", foi realizado por Ricardo Espírito Santo e mantém o mesmo efeito inebriante da primeira vez em que o vi e ouvi.
O poeta imprime-se em mim logo nas primeiras palavras e também o seu eco, em vez de morrer, torna-se perene. O programa parece, afinal, não ter fim.
Hoje quis muito ler uma crónica fresquinha do Manuel António Pina, repetir essa lucidez matinal que acompanhava a minha torrada e meia de leite e ter um sítio onde pousar a cabeça antes da rotina moer.
Do documentário retenho muito e este é só um exemplo do quanto saboreei, destaco-o porque grita o que eu, à data, não sabia dizer antes de o ouvir: "a escrita para mim é mais do que respostas, é interrogações, mais do que para afirmar a minha identidade é para a procurar".
Mas são tantas, tantas partilhas e reflexões, constatações humoradas, intimistas, honestas, inspiradoras e a memória de uma obra singular a que o documentário, bem desenhado, presta a justa relevância.
Fazes-nos falta, Pina.
 
 
 
 

 

 

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)


Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.





subscrever feeds




Pesquisar

  Pesquisar no Blog

Torradas com bolor

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D